quinta-feira, 16 de outubro de 2008

RUMO...


Sinto-me perdido
na imensidão do mar azul,
repleto de ondas brancas.

Sinto que a brisa,
com odores de maresia,
me queima o olfacto.

Sinto que as sereias,
se passeiam pela areia,
encobrindo o sol.

Sinto que as conchas,
outrora com vida,
me tolhem o caminho.

Sinto que o meu mar,
que ora vai, ora vem,
me sussurra baixinho
em doce melodia,
que aquele barquito
que navega sozinho,
à deriva no meio do mar,
sem rumo, sem destino,
procura o abrigo,
para se acostar
e não andar perdido.

A.B.©3JUL08

1 comentário:

Theresinha Coelho disse...

Ora, ora, demorei mas encontrei...
És meu amigo do Netlog, , sou a Theresinha Coelho a brasileirinha que agora é uma portuguesinha.
Admiro muito o que escreves e convido-o a ser meu amigo tambem na grande corrente de amigos blogueiros, tambem sou uma apaixonada pelas poesias e tento as vezes escrever algo que vai saindo espontaneamente do coração, convido-o a vir conhecer meu espacinho, mas nem vá esperando grandes obras sou humilde aprendiz e meio atrapalhada com ortografia e gramatica já que a mudança fez uma enorme salada na minha cabecinha. vou linkar seu blog no meu Cantinho e espero que aceitw meu award e mais uma vez minha amizade aki tambem.
Bjs com carinho da Thé

 
©2006-2007 'Blue 3 colunas' Por Claudya R.